Jornal da Escola Secundária José Régio – Vila do Conde
16:13 / 04 - 12 - 2016

Arquivos

Calendário

Dezembro 2016
S T Q Q S S D
« Nov    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

O ensino especial e as rendas

img_20161027_145633 img_20161110_1434302 img_20161107_1115493 img_20161107_1115422A atividade Renda de Bilros faz parte da matriz curricular dos alunos com Necessidades Educativas Especiais, mais concretamente para os alunos de Currículo Específico Individual. Os alunos têm um horário estipulado pelas docentes de educação especial e pela docente de renda de bilros, tendo em conta as características dos alunos da Unidade.

Esta atividade tem sido, assim,  uma mais valia para os nossos meninos: o Toni, o Filipe a Xana e o Diogo que muito empenhadamente vão fazendo os seus trabalhos.

Projeto Régio “Pro Leitura”

p1160901p1160906A Biblioteca da nossa escola, em parceria com o Núcleo de Promoção para o Sucesso, está a desenvolver uma oficina de leitura que decorre na hora de apoio à Direção de turma. Este projecto, designado RÉGIO “PRO  LEITURA” , está a ser implementado em todas as turmas  do 7º ano de escolaridade.

Durante o primeiro período foi lida a obra de Sophia de Mello Breyner, O Cavaleiro da Dinamarca, em diversas sessões que culminaram com uma sessão final especial  que decorreu na própria biblioteca, onde os alunos realizaram atividades relacionadas com a temática desta obra, nomeadamente a origem do pinheiro de Natal e a formulação de desejos natalícios.

Esta iniciativa vai continuar no 2º e 3º períodos com a leitura de outras obras, seleccionadas em colaboração com os professores de Português de todas turmas.

Clube de Xadrez e Damas

20161110_12235120161110_152648Este ano letivo traz uma novidade para o nosso Clube. Temos mais um espaço como  Ponto de Encontro para os que desejam aprender a jogar ou evoluir nestes jogos de estratégia: a sala da Associação de Estudantes, no átrio da entrada da escola. Claro que a Biblioteca (a salinha da entrada) e o polivalente estão à vossa disposição. Não deixem de registar o vosso nome e ano/turma nas folhas de registo.

Vamos ter agora as primeiras provas regionais com outras escolas do concelho. Será feita a divulgação de modo a participarmos com o nosso núcleo. Será sempre a um sábado de manhã.

Entretanto, para além de poderem treinar sempre que tiverem tempo disponível, o horário de treinos é o seguinte:

-2º feira: das 11.30h às 13.15h

-5ªfeira: das 10.30h às 13.15h

-6ªfeira: das 8.30h às 12.20h

Boas jogadas e…até breve! Estou sempre disponível para vos ajudar!

A Coordenadora do Clube de Xadrez e Damas: Glória Oliveira

Projeto Tampinhas – LIPOR

liporNo âmbito da Operação Tampinhas – 11.ª fase, a Escola Secundária José Régio foi contemplada com:

1 par de rampas telescópicas

1 par de canadianas.<

Assim prossegue, com sucesso, a intervenção ativa da nossa escola na recolha seletiva dos resíduos e na contribuição para uma melhor acessibilidade dentro do edifício escolar.

DIA MUNDIAL DO COMBATE AO BULLYING | 20 OUTUBRO

Serviço de Psicologia e Orientação Profissional

Já se encontra em funcionamento o gabinete de Psicologia da nossa escola, com a psicóloga Ana Cristina Nunes. Este gabinete está ao serviço dos alunos que, individualmente ou sob recomendação do diretor de turma, a ele podem recorrer em horário a combinar.

 Horário 2016/2017

Segunda Terça Quarta Quinta Sexta
9:30 – 13:30 9:30 – 13:30 9:30 – 13:30 9:00 – 13 h 9:00 – 13 h
Almoço Almoço Almoço Almoço
14:30 – 18:30 14:30 – 18:30 14.30 – 17.30 14:30– 18.30

Atualmente, o Bullying é reconhecido como problema crónico nas escolas e com consequências sérias, tanto para vítimas, quanto para agressores. As formas de agressão entre alunos são as mais diversas, como empurrões, pontapés, insultos, espalhar histórias humilhantes, mentiras para implicar a vítima a situações vexatórias, inventar apelidos que ferem a dignidade, captar e difundir imagens (inclusive pela internet), ameaças (enviar mensagens, por exemplo) e a exclusão. Entre os rapazes,as agressões mais comuns são as físicas. Ainda que não efetivada a agressão, os agressores costumam ameaçar, meter medo às suas vítimas. Já as raparigas agressoras costumam espalhar rumores mentirosos, ou ameaçarem e espalharem segredos para causar mal estar.

 SINAIS DE ALERTA NA VÍTIMA

A NÍVEL ESCOLAR

  • Mudança na assiduidade e/ou pontualidade.
  • Perda de interesse nas actividades escolares.
  • Insucesso académico.
  • Problemas de concentração e atenção
  • São os últimos a irem para intervalo e os primeiros a regressarem.
  • Não participam nos eventos organizados pela escola ou desistem dos que mais gosta sem motivo aparente.

A NÍVEL SOCIAL

  • Solitária ou frequentemente isolada.
  • Última a ser escolhido nas actividades de grupo.
  • Frequentemente alvo de troça, gozo, sem tentativa de defesa.
  • Prefere companhia de um adulto nos intervalos ou tempos livres (professor, funcionário, etc.)
  • Provoca, agride, irrita, tece comentários desapropriados, adopta postura de “bully” perante os seus companheiros.

A NÍVEL FÍSICO

  • Utiliza “linguagem corporal de vítima” – ombros descaídos, recusa olhar nos olhos dos outros directamente, evita estar próximo dos outros colegas.
  • Frequentemente “doente”.
  • Queixas de dores de cabeça, de barriga, mal-disposto, perda súbita de apetite, apetite voraz, etc.
  • Apresenta diferença física que o destaca dos outros – óculos grossos, obeso, com aparência “esquisita”, anda de forma “esquisita”, etc.
  • Fisicamente mais fraca do que os seus colegas

O QUE PODEMOS FAZER?

  • Oferecer confiança.
  • Ouvir o colega e oferecer ajuda.
  • Passar mais tempo junto do colega vítima de bullying.
  • Incentivar o colega a contar tudo o que se está a passar (quando, o quê, quem fez e quem viu).
  • Denunciar a situação ao Diretor de Turma.
  • Ajudar a aumentar e reforçar o seu círculo de amigos.
  • Ajudá-lo a desinibir-se e a gostar mais dele próprio.
  • Tentar fazer com que o agressor pare.
  • Minimizar e relativizar as diferenças entre a vítima e o agressor.
  • Tentar fazer com que o grupo do agressor pare, de modo a deixar o agressor agir sozinho.
  • Pedir ajuda

Curso de Restauração e Bar na 7ª Feira Social de Vila do Conde

6_o7_o3_o8_oNo passado dia 8 de outubro, os alunos do Curso Profissional de Restauração e Bar, estiveram presentes na 7ª Feira Social de Vila do Conde. Participaram numa demonstração de “showcooking – Cozinha Criativa os alunos abaixo mencionados.

Fabiana Marques Pontes – 10ºRB

Cristiana Nunes – 11ºRB

Susana Moreira – 11ºRB

Inês Azevedo – 12ºRB

Sofia Rocha – 12RB

António Rodrigues  – 12ºRB

Ruben Terroso – 12ºRB

Estes alunos foram acompanhados pelos professores da Componente Técnica, Antónia Freitas, Raúl Furtado e Manuel Araújo.

Ano letivo 2016/2017

Este ano letivo, o número total de alunos da nossa escola é de 1450, distribuídos da seguinte forma:

ano        Nº de turmas    Nº de alunos

7º           4             99

8º           6             123

9º           7             169

Total básico                       391

10º         11           305

11º         11           270

12ª         9             247

Total secundário                822

CEF        1             18

10º profissional  (Multimédia, Eletrónica e Automação e Restauração e Bar) 3             80

11º profissional (Multimédia, Comércio e Restauração e Bar) 3                                         76

12º profissional (Multimédia, Eletrónica e Automação e Restauração e Bar) 3             63

Total  (CEF+Prof.)                           237

 

Arranque do ano letivo 2016/2017

14362447_508883252644687_905277821686322809_o14352356_508883525977993_3207178571166763130_o
14333832_658666467629899_8345468854799354558_nA Ministra da Administração Interna, Drª Constança Urbano de Sousa, esteve presente na receção aos alunos do 7º ano que marcou oficialmente o arranque do ano letivo 2016/2017, na nossa escola, no dia 14 de Setembro. É importante referir que a Drª Constança foi aluna na nossa escola do sétimo ao décimo segundo ano, nos anos oitenta, pelo que este seu regresso se rodeou de um clima de memórias e afetos. Depois da receção, onde se enalteceu  a qualidade do edifício  e do ensino nele ministrado numa clara demonstração da vitalidade do ensino público,  seguiu-se uma visita pela escola, guiada pelo Dr António Almeida, nosso diretor,  acompanhada pela Drª Elisa Ferraz, Presidente da Câmara de Vila do Conde, também antiga professora desta escola e outras autoridades.

 

Dia da Escola 2016

_nNos dias 4 e 5 de julho, realizaram-se as habituais celebrações do Dia da Escola com especial destaque para a cerimónia de entrega de prémios aos alunos do Quadro de Valor e Excelência e aos participantes em diversas atividades  realizadas ao longo de 2015/16.

Este ano os alunos do  QVE  foram em grande número e distribuídos da seguinte forma:

7º- 12 alunos, 8º – 17 alunos, 9º – 2 alunos
10º –  19 alunos , 11º – 24 alunos , 12º – 30 alunos

As TurmasJR2016 foram as seguintes: Ensino básico – 8ºC, Ensino Secundário – 12º CT1
o pémio  Equipa JR 2016 – Biblioteca
Os vencedores do Prémio JR2016 foram atribuídos a
Assistente – Ermelinda Viana
Professor: Fernanda Sampaio

Parabéns aos nossos alunos do QVE e a todos que se distinguiram nas diversas atividades.

As Rendas de Bilros e o Ensino Especial

20160608_11132720160608_11115820160608_111246Desde que o Clube de Rendas de Bilros funciona na nossa escola que uma das suas principais valências é o trabalho com os alunos com necessidades educativas especiais (NEE). Este ano letivo não foi exceção e foi ainda acrescido  pelo trabalho específico com os alunos da unidade do Autismo.

Assim e fazendo o balanço desta actividade, é de referir que todos os alunos realizaram trabalhos  e organizaram um portefólio com os mesmos.  Nestes podemos ver a capacidade de trabalho destes alunos na arte das rendas e a sua evolução:

Soraia –  trabalhos contemporâneos

Lídia – Trabalhos contemporâneos e trabalho tradicional

Luís – trabalhos contemporâneos

Ana Sofia – Trabalhos contemporâneos

Isaías – Trabalhos contemporâneos e bijouteria

Daniel – Trabalhos contemporâneos

Raquel – Trabalhos contemporâneos

Fátima – Trabalhos contemporâneos

Dentro da vertente dos trabalhos contemporâneos foram elaborados  enfeites de Natal, máscaras de Carnaval , monogramas e flores. Nos trabalhos tradicionais elaboraram o pano das conchinhas e a renda do “lapão”.

Na Unidade de Autismo, o Fernando, o Filipe, o Diogo e a Alexandra dedicaram-se à elaboração de pulseiras e porta-chaves na vertente dos trabalhos contemporâneos.

A Coordenadora do Clube de Rendas de Bilros: Teresa Pimenta

 

 

 Page 1 of 17  1  2  3  4  5 » ...  Last »