Jornal da Escola Secundária José Régio – Vila do Conde
08:38 / 28 - 06 - 2017

Arquivos

Calendário

Junho 2017
S T Q Q S S D
« Mai    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Opinião

A influência da televisão nos
comportamentos dos jovens

É perfeitamente evidente, nos dias de hoje, que a televisão tem na nossa vida, nomeadamente, através da transmissão constante de programas onde impera a violência. Tal facto, condiciona, de forma inequívoca, o comportamento de alguns jovens, de forma extremamente negativa, aumentando os índices de violência social.
Os jovens e crianças, que são a faixa etária que mais vê televisão, têm a tendência para imitar todas as atitudes que vêem no pequeno ecrã, principalmente as más, neste caso a violência. Isto confirma-se considerando caso de um grupo de jovens franceses com idades compreendidas entre os 12 e os 15 anos que agrediram um segurança de uma discoteca, pois este não os deixou entrar.
Este grupo etário, jovens e crianças, aprende com o que vê, e o que vê é principalmente a televisão. Por isso já é de esperar que uma criança que vê muitos programas violentos se torne num jovem ou adulto violento. Esta teoria foi provada por um instituto americano que, depois de vários anos a estudar centenas de casos, concluiu que as crianças com mais acesso à televisão e aos programas violentos, se tornarão jovens violentos e potenciais adultos perigosos para a segurança da sociedade.
É por tudo isto, perfeitamente lógico, que se imponha às televisões um aviso de restrição nos programas violentos, principalmente no horário em que as crianças e jovens mais vêem. Assim, será dado um sinal de alerta aos pais para que estes controlem mais o que os seus filhos vêem.

Cláudia Postiga nº4 12ºLH2